fbpx

Pub

o seu negócio merece uma loja online (2)

Tâmega e Sousa colabora na definição da Agenda Regional do Norte para a Economia Circular

Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa acolheu sessão de trabalho da Agenda Regional do Norte para a Economia Circular
Agenda Regional EC

A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) acolheu ontem, dia 21, uma sessão de trabalho da Agenda Regional do Norte para a Economia Circular, que está a ser desenvolvida pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N). O encontro enquadrou-se também na Iniciativa Nacional Cidades Circulares (InC2), de cuja Comissão de Acompanhamento a CIM do Tâmega e Sousa faz parte, e que prevê a criação de uma rede de “Cidades Circulares” e a implementação de ações urbanas inovadoras no âmbito da economia circular.

Esta Agenda, que abrange múltiplas áreas de intervenção, nomeadamente os setores do agroalimentar, construção, têxtil e vestuário, transportes e cidades e territórios, tem como objetivo identificar oportunidades de aceleração e transição para a utilização mais eficiente, racional e sustentável dos recursos e conciliar estratégias em conjunto com os atores regionais, enquadrando-se no Plano de Ação para a Economia Circular do Governo e nas políticas ambientais nacionais e internacionais para o desenvolvimento sustentável.

O setor das “cidades e território” esteve em análise nesta sessão, conduzida pela Diretora dos Serviços de Ordenamento do Território da CCDR-N, Cristina Guimarães, responsável pelo Grupo de Trabalho para a Economia Circular, e que contou com a participação de representantes da CIM do Tâmega e Sousa e dos 11 municípios que a integram.

A sessão incluiu, na sua ordem de trabalhos, a apresentação da proposta de Agenda da Economia Circular para as Cidades, a identificação de boas práticas e constrangimentos nesta matéria pela CIM do Tâmega e Sousa e pelos municípios e a discussão de propostas para a aceleração da economia circular no que concerne às cidades e aos territórios.

As cidades constituem territórios privilegiados, dadas as oportunidades geradas pela concentração e proximidade de pessoas e materiais, fluxos, recursos e capital, dados e talentos, envolvendo a governação local, considerando ainda os recursos tecnológicos disponíveis nestes espaços geográficos limitados. As cidades podem e devem contribuir, de modo ativo, no processo em curso, de transição para uma economia circular, e, assim, também no âmbito dos processos de decisão e gestão territorial.

A temática da economia circular tem merecido especial atenção por parte da CIM do Tâmega e Sousa. É de salientar que esta entidade tem em curso, desde 2018, o projeto Tâmega e Sousa CIRCULAr, que pretende incentivar as entidades públicas para a economia circular, sendo o seu resultado mais visível o manual Economia circular nas compras públicas, cujo objetivo é promover as compras ecológicas e circulares nos principais procedimentos de contratação pública.

O trabalho desenvolvido pela CIM do Tâmega e Sousa mereceu o reconhecimento da Direção-Geral do Território (DGT), tendo sido convidada, como referido, para integrar a Comissão de Acompanhamento da InC2, promovida pela DGT. A InC2 é composta, entre outras entidades nacionais, por representantes de duas entidades intermunicipais de cada região. Na região Norte, entre as oitos entidades intermunicipais existentes, foram selecionadas a CIM do Tâmega e Sousa e CIM do Alto Minho. A primeira reunião desta comissão decorreu na semana passada, em Lisboa.

Facebook
Email
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Recomendado Para si

OFERTAS DE EMPREGO

No Content Available

Pub

Breves de Felgueiras

Disponível no Google Play

Envolva-se com o Felgueiras Magazine

Subscreva a nossa Newsletter​

Receba semanalmente no seu endereço de e-mail as últimas notícias de Felgueiras e da região.

Envolva-se com o Felgueiras Magazine

1111

Subscreva a nossa Newsletter​

Receba semanalmente no seu endereço de e-mail as últimas notícias de Felgueiras e da região.

2222

Partilhe as suas ideias, dicas ou opiniões…

Ajude-nos a fazer um trabalho cada vez melhor!

33

Colabore com o Felgueiras Magazine

Gosta de escrever, ou de fotografia ou de vídeo...

44

Anuncie no Felgueiras Magazine

Para além de promover a sua empresa, ajuda este projeto, feito por felgueirenses para Felgueiras!

felgueiras magazine Logo

Pub

Sabia que o Felgueiras Magazine tem um departamento de Marketing Digital?

– Criamos o seu site ou Loja Online com Design Inovador
– Gestão de Redes Sociais para Ampliar Seu Alcance
– SEO para Posicionar Sua Marca no Google
– Design Gráfico Criativo que Capta Atenção
– Vídeo e Fotografia para Histórias Memoráveis

Pub

Sabia que o Felgueiras Magazine tem um departamento de Marketing Digital?

– Criamos o seu site ou Loja Online com Design Inovador
– Gestão de Redes Sociais para Ampliar Seu Alcance
– SEO para Posicionar Sua Marca no Google
– Design Gráfico Criativo que Capta Atenção
– Vídeo e Fotografia para Histórias Memoráveis