Especialistas europeus avaliam termas do Tâmega e Sousa

40 especialistas de oito países europeus vão estar no Tâmega e Sousa, esta terça e quarta-feira, dias 24 e 25, para conhecer e avaliar o potencial terapêutico e económico das termas da região.
spa (1)

Esta visita, organizada pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, insere-se no âmbito do projeto europeu InnovaSPA, do qual a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) é parceira, e que tem como objetivo melhorar os programas termais em saúde preventiva, bem como a organização da oferta a nível regional.
O termalismo é um medicamento natural baseado no uso de água termal mineral para tratamentos terapêuticos, que transforma a gestão de cuidados de saúde de enfoque “curativo” em cuidados de saúde de enfoque “preventivo”. Os programas termais médicos são cientificamente validados através de testes clínicos, sendo que o Governo português reconhece 10 tratamentos oficiais.

As termas do Norte de Portugal prestam tratamentos especialmente em duas áreas tradicionais do termalismo – reumatologia e doenças respiratórias. No entanto, de acordo com os responsáveis pelo InnovaSPA em Portugal, “o potencial de exploração clínica e económica destes recursos está subaproveitado, sendo possível desenvolver novas curas e tratamentos de saúde, investigar novos formatos terapêuticos e até criar novos produtos, com base nas águas termais”.
O Tâmega e Sousa conta com uma importante oferta na área do termalismo, sendo a sub-região (NUT III) da região Norte com mais estâncias termais, de que são exemplo as Termas de Caldas de Aregos (Resende), as Termas da Torre/Entre-os-Rios e as Termas de São Vicente (Penafiel) e as Termas de Amarante.

Esta comitiva europeia irá visitar estes locais na terça e quarta-feira, dias 24 e 25. Na terça-feira, dia 24, destaca-se a visita às Termas de Caldas de Aregos (Resende), que inclui uma “ida a banhos” que possibilitará aos especialistas testarem, na primeira pessoa, os benefícios das águas (das 14h15 às 17h00).
Na quarta-feira dia 25, após a visita às Termas de Amarante, os cientistas seguem para Chaves, cujo Município é também parceiro do projeto, onde vão percorrer a Rota da Água Chaves-Verin (das 17h às 18h30), que inclui, por exemplo, as Termas de Chaves e de Vidago. Na quinta-feira, dia 26, a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto acolhe, a partir das 15h00, uma sessão de encerramento que termina com uma comunicação à imprensa sobre os progressos dos trabalhos.

O projeto InnovaSPA – Innovative health solutions for thermal spa regions é financiado pela União Europeia, através dos fundos Interreg Europe, num total de 1,34M€. Para além da Faculdade de Medicinada da Universidade do Porto, integram o projeto a Associação Thermauvergne (França), a Universidade de Debrecen (Hungria), a Universidade da Letónia, a Agência de Desenvolvimento Regional de Warmia-Mazury (Polónia), a Agência de Desenvolvimento Regional de Centru (Roménia), a Agência de Desenvolvimento da Região de Savinja (Eslovénia) e o Centro de Inovação da Lituânia.

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Recomendado Para si

felgueiras magazine Logo

Pub

WEBSITES A PARTIR DE 25€ POR MÊS!

Se a sua empresa não está no Google, está a perder clientes todos os dias.

Contacte já a Login e aproveite esta promoção!

Envolva-se com o Felgueiras Magazine

1111

Subscreva a nossa Newsletter​

Receba semanalmente no seu endereço de e-mail as últimas notícias de Felgueiras e da região.

2222

Partilhe as suas ideias, dicas ou opiniões…

Ajude-nos a fazer um trabalho cada vez melhor!

33

Colabore com o Felgueiras Magazine

Gosta de escrever, ou de fotografia ou de vídeo...

44

Anuncie no Felgueiras Magazine

Para além de promover a sua empresa, ajuda este projeto, feito por felgueirenses para Felgueiras!

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Receba semanalmente no seu endereço de e-mail as últimas notícias de Felgueiras e da região.