fbpx

Encomendas estão de volta às fábricas de calçado. Os sinais são positivos.

86% das empresas de calçado têm encomendas para, pelo menos, um mês de trabalho. “São os mais animadores desde o início da pandemia”.
calçado sapatos

Oitenta e seis por cento das empresas portuguesas de calçado têm, por esta altura, encomendas para, pelo menos um mês de trabalho. Já 33% terão a produção assegurada durante os próximos três meses. Os dados foram hoje divulgados pela APICCAPS, através do Inquérito de Conjuntura.

A este inquérito APICCAPS responderem 99 empresas, responsáveis por sete mil postos de trabalho e um volume de negócios próximo dos 600 milhões de euros. Estes dados são “os mais animadores desde o início da pandemia”, lê-se numa nota da APICCAPS.

O Inquérito de Conjuntura evidencia também que 46% das empresas entendem que a produção atual é superior (17%) ou idêntica (29%) para a época do ano. Por esta altura, 2% das empresas permanecem encerradas, fazendo recurso dos apoios disponibilizados pelo Estado.

Nos próximos seis meses, 81% das empresas não equaciona suspender, ainda que provisoriamente a produção. Número idêntico, 82%, entende que não será necessário fazer alterações ao nível do quadro de pessoal. Ainda assim, primeira vez desde o início da pandemia, há mais empresas a equacionar novas contratações (10%) do que aquelas que entendem ser necessário reduzir o quadro de pessoal (9%).

A redução das encomendas (63% das respostas) permanece com a maior preocupação, seguida agora, 44%, pela dificuldade de abastecimento de matérias-primas. O lay-off simplificado, outrora uma medida de gestão de excelência para as empresas, apenas está a ser implementada por 7% das empresas, sendo que 82% das empresas não antevê a sua utilização no próximo semestre. Já 64% das empresas não antevê, para o próximo semestre o recurso “Mecanismo da Retoma Progressiva” nem à “Adaptabilidade de horário de trabalho” (60%).

“Todas as análises são ainda prematuras, na medida em que permanecemos dependentes da evolução da pandemia e mesmo do processo de vacinação, mas todos os sinais indicam que as empresa portuguesas de calçado têm conseguidos resistir e começam a revelar os primeiros sinais de confiança”, destaca Luís Onofre, citado no portal da APICCAPS. Para o Presidente da APICCAPS, “importa agora consolidar os resultados e esperar que as boas expectativas relativas a alguns mercados, como por exemplo os Estados Unidos, se possam efetivar”. 

Fonte: APICCAPS

Pub

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Recomendado Para si

Disponível no Google Play

OFERTAS DE EMPREGO

Pub

Pub

Envolva-se com o Felgueiras Magazine

1111

Subscreva a nossa Newsletter​

Receba semanalmente no seu endereço de e-mail as últimas notícias de Felgueiras e da região.

2222

Partilhe as suas ideias, dicas ou opiniões…

Ajude-nos a fazer um trabalho cada vez melhor!

33

Colabore com o Felgueiras Magazine

Gosta de escrever, ou de fotografia ou de vídeo...

44

Anuncie no Felgueiras Magazine

Para além de promover a sua empresa, ajuda este projeto, feito por felgueirenses para Felgueiras!

felgueiras magazine Logo
vapesol Pub DESKTOP
vapesol pub MOBILE

pub

O SEU NEGÓCIO MERECE UMA LOJA ONLINE!

Somos uma divisão do Felgueiras Magazine. Marketing Digital é o que fazemos: seja uma loja online, um site, um logo ou gestão de redes sociais.

Confie no Felgueiras Magazine e visite-nos em https://web.felgueirasmagazine.pt

Pub