“A minha filha entrou na Universidade e vai morar uma cidade diferente. Como a posso ajudar a lidar com a nova realidade?”

A mudança irá implicar o afastamento (físico) da família e amigos, contextos conhecidos que regularmente ia e que se sentia confortável. Diante esta nova realidade é natural sentir algum medo e ansiedade.
Destaque

A Psicóloga Catarina Meireles responde às suas dúvidas. Envie as suas questões para apsicologaresponde.cm@gmail.com.

“A minha filha entrou na Universidade e vai morar uma cidade diferente. Como a posso ajudar a lidar com a nova realidade?”

Ass. Francisca M.

Olá Francisca!

Entrar na Universidade, por si só, já é uma mudança que agrega bastantes receios, preocupações e um misto de emoções que variam entre a felicidade (de realizar um sonho) e o medo (de um novo contexto, amizades e desafios).

Quando esta alteração ocorre e é acompanhada pela mudança de casa, o desafio torna-se muito maior. Nesta fase os jovens devem e necessitam de ampliar horizontes, superar limites, desenvolver as suas competências, construir a sua identidade pessoal e profissional e conquistar a sua autonomia.

O contexto familiar também se altera, o/a filho/a que sai de casa leva a transformações na vida dos pais. Em casos, extremos poderá levar à síndrome do ninho vazio. Denominada como uma solidão exacerbada, que os pais sentem quando os filhos saem de casa pela primeira vez, seja para morar sozinhos ou ir à faculdade. Por isso, para melhor lidar também com esta mudança, sugiro que se prepare para esta transição, que invista mais em si (fazendo coisas que lhe dão prazer), conecte-se com o/a companheiro/a e amigos e utilize a tecnologia a seu favor e mantenha o contacto com a sua filha.

Voltando à sua filha, eu recomendo que seja criado um período de preparação para a mudança. É importante que explique e ajude a sua filha a entender a importância de se informar acerca desta nova realidade, de pedir ajuda, de interagir com as pessoas, que em alguns momentos irá sentir saudade, mas que esta experiência será muito importante para o seu crescimento.

Informar

Antes de iniciar o percurso universitário é bom que conheça a cidade e a universidade uns dias antes. Fazer uma boa pesquisa na internet e pedir informações sobre o curso, a cidade e a universidade.

Pedir ajuda

A mudança irá implicar o afastamento (físico) da família e amigos, contextos conhecidos que regularmente ia e que se sentia confortável. Diante esta nova realidade é natural sentir algum medo e ansiedade.

Para diminuir o impacto de todas as preocupações e receios, sugiro que peça ajuda sempre que necessário. Ajuda a colegas mais velhos que possam auxiliar na realização da matrícula, que possam apresentar os espaços e que expliquem a dinâmica da universidade. Irá perceber que vai sentir-se mais tranquila.

Conhecer pessoas na mesma situação

Conhecer pessoas na mesma situação, são uma ótima ajuda para compartilhar receios e angústias. Pode procurar, numa fase inicial, estabelecer este contacto através dos grupos de chat na plataforma da universidade e redes sociais.

É fulcral que evitar o isolamento, irá prejudicar a adaptação e tornar este período mais stressante e sofredor. Quando estamos perante uma nova realidade é importante manter uma mente flexível. Ou seja, deve assimilar novas formas de convívio e hábitos diários, evitar ficar preso ao que estava habituada a fazer em casa dos pais ou na cidade onde morava.

Saudades

Sentir saudades é natural e bom, porque significa que se cultivou bons laços familiares e sociais. Mas, por vezes esta saudade imensa poderá indicar a dificuldade em estar sozinha e por sua vez fazer com que abdique do seu sonho. De forma a equilibrar, a saudade sentida, é importante manter o contato com a família e os amigos, sempre que necessitar.

enriquecedora. A distância da família e amigos, a gestão financeira (ainda que a custo dos pais), a necessidade de disciplina pessoal (diante da liberdade de viver sozinho/a), a gestão emocional, o lidar com as saudades, lidar com medo e a angústia, são sem dúvida desafios dos quais só percebemos se estamos ou não preparados depois de lá estar. Contudo, apesar de muitas vezes parecer nunca estamos sozinhos nesta caminhada. É uma experiência de renovação e crescimento pessoal, que devemos usufruir.

Que esta nova etapa seja um desafio recompensador e repleto de alegrias e conquistas. Boa sorte!

Cuide de si com amor,

 

Catarina Meireles

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Recomendado Para si

felgueiras magazine Logo

Pub

WEBSITES A PARTIR DE 25€ POR MÊS!

Se a sua empresa não está no Google, está a perder clientes todos os dias.

Contacte já a Login e aproveite esta promoção!

Envolva-se com o Felgueiras Magazine

1111

Subscreva a nossa Newsletter​

Receba semanalmente no seu endereço de e-mail as últimas notícias de Felgueiras e da região.

2222

Partilhe as suas ideias, dicas ou opiniões…

Ajude-nos a fazer um trabalho cada vez melhor!

33

Colabore com o Felgueiras Magazine

Gosta de escrever, ou de fotografia ou de vídeo...

44

Anuncie no Felgueiras Magazine

Para além de promover a sua empresa, ajuda este projeto, feito por felgueirenses para Felgueiras!

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Receba semanalmente no seu endereço de e-mail as últimas notícias de Felgueiras e da região.